segunda-feira, junho 16, 2014

12 Dicas de Lisboa e mais

1 - Bairro Alto
Antigo bairro do centro de Lisboa, o Bairro Alto reúne casas seculares típicas de Lisboa, é atualmente um local de diversão. Após o pôr do sol, o Bairro Alto e seus numerosos bares servem como ponto de encontro para amigos que se juntam para beber alguns drinques antes de continuar a noite em alguma balada. Veja este blog para informações sobre os bares, discotecas, exposições e mais: http://www.ilovebairroalto.com/home



2 - Chiado
Situado entre o Bairro Alto e a Baixa Pombalina, o Chiado é um dos bairros mais emblemáticos e tradicionais de Lisboa, é um importante centro de comércio. Reconstruído durante a década de 90, renasceu como ponto badalado com lojas, restaurantes, bares e discotecas.


3 - Café a Brasileira
Situado no bairro do Chiado, o Café a Brasileira é um dos cafés mais famosos e antigos de Lisboa. Inaugurado em 1905, o local vendia o autêntico café trazido do Brasil e é hoje um ponto imperdível de roteiros turísticos de Lisboa. É onde Fernando Pessoa sentava para escrever, beber e conversas com os amigos.


4 - Elevador de Santa Justa
O Elevador de Santa Justa é um belo cartão-postal da cidade. Uma obra magnífica! A vista é maravilhosa, pode-se avistar o Castelo São Jorge e o Rio Tejo.


5 - Bondinho em Lisboa
Chamados de “eléctricos” pelos habitantes de Lisboa, os tradicionais bondinhos que circulam pela cidade são, mais do que um simples transporte público, verdadeiros símbolos da capital portuguesa. Usar estes bondinhos como meio de transporte pela cidade permite se locomover de maneira divertida, original e econômica. Um dos mais famosos é o Eléctrico 28.


6 - Castelo de São Jorge
Construído no século 11, o Castelo de São Jorge destaca-se na paisagem de Lisboa com suas numerosas torres e muralhas, num incrível conjunto de edificações. Os turistas que fazem a visita ao castelo deparam-se com uma imponente arquitetura, um museu arqueológico e uma das vistas panorâmicas de Lisboa mais estonteantes, devido à localização privilegiada. 


7 - Pastéis de Belém
Os Pastéis de Belém são uma das maiores delícias culinárias de Portugal. Com uma massa folhada crocante e um recheio saboroso à base de ovo, o pastel de nata encanta os paladares dos turistas em diversos endereços de Lisboa, mas nada se compara a tradicional Casa Pastéis de Belém.


8 - Mosteiro dos Jerônimos
Construção do século 16 localizada em Belém, na entrada do rio Tejo, o Mosteiro dos Jerônimos é um dos mais belos exemplos arquitetônicos da riqueza de Portugal na época dos descobrimentos. Inscrito no Patrimônio Mundial da UNESCO, o Mosteiro é um importante cartão-postal do país.


9 - Monumento aos Descobrimentos
Com 52 metros de altura frente ao Rio Tejo, o Monumento aos Descobrimentos foi realizado na década de 60 como homenagem a aqueles que participaram na época dos descobrimentos de novas terras para a coroa portuguesa, que incluiu a chegada ao Brasil. Com forma de caravela, o monumento representa diferentes heróis portugueses, num belo cartão-postal que oferece uma linda vista sobre Lisboa.


10 - Torre de Belém
Um dos monumentos mais expressivos da cidade, Patrimônio Mundial da UNESCO, a Torre de Belém é sem dúvidas um dos principais cartões-postais de Lisboa. Situada na margem direita do Rio Tejo, a Torre foi erguida entre 1514 e 1520 e funcionava como farol, hoje desativado.


11 - Clubes de Fado
Tradicional música portuguesa, o Fado é um dos maiores símbolos da cultura do país. Mas os chamados “Clubes de Fado” costumam ser “armadilhas” para turistas, com espetáculos de má qualidade e preços que podem ser excessivos. Uma conhecida: http://www.srvinho.com


12 - Corte Inglés
Tradicional loja de departamentos espanhola, El Corte Inglés também está presente em Lisboa, num dos melhores lugares da cidade para quem gosta de fazer compras. Situada na Avenida Augusto de Aguiar, a El Corte Inglés tem numerosas marcas de roupas e acessórios, além de eletrônicos, perfumaria, decoração, esporte e cultura. Desde sua inauguração, em 2001, a loja se transformou num dos pontos mais destacados para fazer compras na capital portuguesa.


MAIS DICAS:

Restaurantes turísticos
Tente não ir em restaurantes com menus para turistas, onde a comida costuma ser mais cara e com uma qualidade inferior. Prefira restaurantes locais que não se especializam em receber turistas para uma refeição mais autêntica, saborosa e até econômica.

Táxis
Como em muitos lugares do mundo, tem taxistas desonestos e os turistas são suas vítimas prediletas. Para sair do aeroporto, pegue apenas táxis com taxímetro e informe-se sobre o preço até seu hotel ates de entrar.

Carros alugados
Se o objetivo da viagem a Portugal for visitar Lisboa e seus arredores, como Cascais, Estoril e Sintra, há quem diga que alugar carro é uma má ideia. Na minha opinião dirigir em Lisboa é fácil, a ruas são bem sinalizadas, mas muitas vezes estacionar na capital é um pouco mais complicado para quem não conhece. O transporte público permite se locomover facilmente.

Batedores de carteiras
Quando os turistas estão distraídos, os batedores de carteiras estão muito atentos, especialmente no transporte público e nos lugares de maior movimento. Guarde bem seus pertences em bolsos internos e evite sair com grandes quantidades de dinheiro ou documentos importantes originais.

Vendedores de rua
Estranhos que se aproximam tentando vender celulares, correntes ou outros objetos podem estar repassando produtos roubados ou tentando aplicar um golpe. Corte a conversa desde o começo e evite confusões.

Traficantes de drogas
Os traficantes de drogas que oferecem seus produtos são relativamente comuns nas capitais europeias, em Lisboa não é diferente. Para evitar situações desagradáveis, não dê papo para desconhecidos suspeitos.

Lisboa de junho a setembro
Para quem tem datas flexíveis, é melhor visitar Lisboa durante os meses de junho e setembro. Os meses de julho e agosto são meses com um calor abafado, a cidade fica lotada de turistas e seus preços de hotel aumentam pela forte demanda. São os meses que a cidade é ainda mais iluminada, não chove e pode aproveitar muito comendo ao ar livre em vários restaurantes da cidade.

0 comentários :

Enviar um comentário