Morando em Portugal descobri que o café é uma paixão nacional, e é coisa séria para os portugueses que entendem e muito do assunto! E tem muitas formas de apreciar e é muito mais saboroso do que o servido no Brasil, os portugueses têm diferentes formas de pedir um café, existem vários nomes dependendo do que se serve e de como se serve.
Quantidade: curto, normal, quase cheio, cheio, banheira.
Chávena (xícara): chávena fria, chávena escaldada, abatanado, americano.
Tipos: carioca, sem princípio, escorrido, descafeinado, garoto, meia de leite, bica, cimbalino.
Alguns pedem a chávena escaldada (muito quente) e há quem prefira pedir com a chávena fria. Se não escolher uma dessas opções, será servida uma chávena à temperatura normal, cada um tem o seu ritual do café.

COMO PEDIR UM CAFÉ EM PORTUGAL?

Bica (no sul) e Café ou Cimbalino (no norte): Uma bica, se faz favor! – a bica é o mais parecido a um espresso italiano. Uma pequena chávena de café negro forte, o verdadeiro shot de cafeína. Reza a lenda que o nome surgiu do café “A Brasileira” (logo no seu início), ao ver que as pessoas não gostavam tanto da tal bebida amarga, decidiram colocar na rua uma tabuleta onde tinha escrito: “Beba Isto Com Açúcar”.

“A Brasileira” é um ponto obrigatório de parada na maioria dos itinerários turísticos de Lisboa e um ponto com uma relevância da História do século XX português, inaugurado em 1905. Endereço: Rua Garrett, nº 120-122 Horário: das 08:00 às 02:00

Outro Café com história é o Café Majestic no Porto:

Aberto desde 1921. Possui um mobiliário ricamente decorado com mesas de madeira e mármore, espelhos, e até um piano de cauda. Situado numa rua comercial e turística do Porto, um lugar que merece uma visita. Endereço: Rua Santa Catarina, 112.

Galão: é um café com leite que geralmente se toma antes do meio-dia. É habitualmente servido num copo de vidro comum e o acompanhamento típico é uma torrada com manteiga (ou para quem visitar Belém, um pastel de Belém) ou alguma iguaria da pastelaria nacional.

Meia-de-Leite: Em termos de conteúdo, é igual a um galão. A diferença é que ele é servido numa chávena grande e a mistura poderá sair um pouco mais equilibrada nas quantidades do que no galão.

Café cheio/curto: Um café cheio trata-se de uma bica com um pouco mais de café, enchendo um pouco mais a chávena. Um curto é um café ainda mais forte que a bica, um verdadeiro shot de cafeína!

Garoto (no sul) ou Pingo (no norte): é uma bica com um pouco de espuma de leite.

Pingado: é uma bica com um pouco de leite frio.

Carioca: é um “segundo café”: ao colocar-se o grão na máquina, tira-se um café mas não se enche a chávena. Só depois é que se tira outro café, com os mesmos grãos, mas desta vez vai sair mais fraco, pois foi tirado um antes, e aí sim, serve-se na chávena.
Carioca de limão: Este aqui nem café tem, pois é, o carioca de limão é apenas água fervida com uma casca de limão, em jeito de chá. Pode pedir-se também curto ou em chávena grande.
Descafeinado: é o café sem cafeína como o nome já diz.
Café com cheirinho: O “cheirinho” significa um toque de “bagaço” (aguardente, parecida à grappa italiana) e pode ser tomado como digestivo.
Duplo: São dois cafés numa chávena maior que a da bica.
Abatanado: O abatanado é o café controverso: há quem diga que “são duas bicas mais um bocadinho de água“, ao que alguém responderá que isso é “um verdadeiro disparate, um abatanado é uma bica com um pouco de água“. Há quem diga que é exatamente a mesma coisa que um duplo, outros dizem que é outra palavra para uma meia-de-leite, ou até quem defende que é um café com o dobro da água de um espresso, para que fique pouco concentrado.

Este post tem 32 comentários

  1. Na Madeira, a meia de leite é chamada "Chinesa"

  2. Muito boa a reportagem, para mim que só morei no Brasil, ajuda e muito a saber como pedir um café em Portugal e como é importante o café para os portugueses.

    Obrigada.

  3. Parabéns, Ione. Anualmente, vou a Portugal e suas informações foram mesmo bem detalhadas e esclarecedoras. O ponto-chave é que, no Brasil, costuma-se afogar o café num mar de água, ao passo que, em Portugal, o pó é muito mais valorizado pela preferência pelo uso de pouca água.

  4. Parabéns,adorei a postagem, eu moro em Portugal tem pouco tempo, e aos poucos vou aprendendo 🙂 seguindo aqui !!

  5. Faltou referir a … italiana. Será um café muito curto.

  6. preciso encontrar alguem que faça entrega de cesta de cafe da manha em funchal.

  7. Obrigado pelo precioso trabalho de vocabulário. Útil e assertivo. Parabéns!

  8. Cá em Portugal vejo que meu avô sempre pede uma biquinha ou uma meia de leite, que quer dizer cafezinho no Brasil

  9. E o Abatanado é um "Chino".

  10. Apesar de quase obrigatória uma parada na Brasileira para uma bica, passamos eu e minha mulher, um cair da tarde/início da noite, me atrevo a dizer de um dia mágico apesar de chuvoso, a provar um bom vinho na esplanada desse café que com certeza está entre os mais icônicos do Velho Mundo. Portugal é tudo de bom e um pouco mais!

  11. Esclareceu bastante. Vou começar a trabalhar num café por esses dias e já aprendi muita coisa aqui. Obrigada pelo post

  12. Toda vida a pedir uma meia de leite , e em Evora peço uma meia de leite e me pregam com um galão
    Lol…já aprendi q do algarve para cima , a meia de leite se diz abatanado

  13. E em Portugal não se toma o famoso café expresso tradicional das cafeterias Brasileiras, feito em maquinas de expresso normalmente italianas e com grãos de café Brasileiros, Colombianos ou do Vietnam?

  14. Uma pergunta, por favor… Qual é a diferencia entre os cafés:
    -cheio
    -meio cheio
    -em chávena fria
    -com um pingo de leite
    -uma italiana
    -um café curto

    Muito obrigado pela resposta.

  15. Um café em Portugal ronda os 0,60€ o que seria 2,19 reais. Isto um café normal, o vosso expresso.

  16. "Galão" e "Meia de leite" é praticamente a mesma coisa, é café com leite só que no "galão" o copo é alto de vidro e costuma ter espuma e em cafés mais finos até fazem desenhos. O "abatanado" é 100% café numa chávena de meia de leite, mas sem leite.

  17. Uma ótima explicação de como pedir o café em Portugal. Na verdade, o café é mesmo muito apreciado pelos portugueses.
    Parabéns pela belíssima explicação.
    Sigam o meu site "i-Técnico – Informática Para Todos"
    em http://www.i-tecnico.pt

  18. Um esclarecimento: o termo bica, vem na sequência dos consumidores de café se queixarem que o café da cafeteira podia não ser fresco (no final sec XIX princípio do XX não havia máquinas expresso. Então um café em Coimbra, começou a servir o café com a água acabada de ferver, vertida num pequeno filtro com uma bica para encaminhar para a chávena. Este acto tornou-se muito apreciado e rapidamente ficou popular pedir um café da bica e não da cafeteira como sinónimo de bom café. O café A Brasileira era de um emigrante do norte de Portugal, abrindo a primeira loja no Porto e oferecia um café a quem comprasse café moido par levar para casa. A segunda loja abriu em Braga e depois em Lisboa. Espero ter contribuído para o seu interessante artigo. Saudações cordiais, Zulmiro Pereira

Deixe uma resposta

Fechar Menu