Enxoval de bebê - a maneira mais inteligente de economizar tempo e dinheiro!

Descubra os locais certos para comprar com um roteiro personalizado.

Os 10 melhores passeios no Porto

Classificado como Património Mundial pela UNESCO graças aos seus belos monumentos e edifícios históricos, o Porto possui vistas soberbas.

Como ir do Aeroporto para o Centro de Lisboa

Descubra as várias ofertas para se deslocar para o centro de Lisboa.

domingo, junho 29, 2014

Santuário de Fátima - Como chegar? Quando ir?

Fátima é uma das maiores cidades de peregrinação católica do mundo, seja para pagar uma promessa ou por pura curiosidade.
O santuário tinha uma pequena capela no local onde em 1917 Lúcia, Jacinta e Francisco viram Nossa Senhora pela primeira vez. A Capela das Aparições é um dos lugares mais visitados. Era ali que estava a azinheira sob a qual a Virgem apareceu. A árvore acabou morrendo, já que muitos peregrinos arrancavam seus galhos. Hoje, em seu lugar, está a famosa imagem de Nossa Senhora. Ali ocorrem missas várias vezes ao dia em diferentes idiomas e, ao seu lado, está uma área onde são acendidas centenas de velas diariamente. 
Independente de crenças ou fé, o Santuário tem uma energia muito forte. Todos que passam por lá dizem a mesma coisa, gosto muito de ir lá, pelo menos uma vez por ano. 
Além da Capela das Aparições, em 2007 foi inaugurada a enorme Basílica da Santíssima Trindade, que consegue receber cerca de 8.000 pessoas de uma só vez.


COMO CHEGAR

O Santuário de Fátima está situado 130 km ao norte de Lisboa, 200 km ao sul do Porto e 85 km ao sul de Coimbra.

O melhor acesso é de carro ou de ônibus. A cidade fica a cinco minutos do acesso à auto-estrada A1, que liga Lisboa ao Porto. Para quem vai de carro o estacionamento é gratuito e enorme! É possível também ir de trem, mas não é a melhor opção, já que a estação fica longe do santuário (enquanto a estação de ônibus fica próxima), a estação de trem se localiza a 23 km de distância. 
Os ônibus que partem de Lisboa saem do terminal Sete Rios (pode ir de metrô, descendo na estação Jardim Zoológico) a partir das 7h e o último para voltar é às 20:00h. Preço: 19.60€ ida e volta. Se quiser conferir horários de outras cidades, consulte o site da Rede Expressos: http://www.rede-expressos.pt

QUANDO IR

O Santuário está aberto o ano todo, inclusive Natal e Páscoa. Os dias 12 e 13 de maio recebem alguns milhares de peregrinos por conta da celebração da data da primeira aparição de nossa Senhora no local. Nos outros meses, todo o dia 13 também recebe muita gente. 


VISITE TAMBÉM

Procure conjugar a visita com outros lugares, como Óbidos, Batalha, Nazaré ou Alcobaça, pois a visita a Fátima, em geral, não leva mais do que 2 ou 3 horas. Faça um bate-volta do Porto ou Lisboa,  é o ideal, não vale a pena dormir na cidade de Fátima.
Se você está em Lisboa e vai dormir em Coimbra ou mesmo no Porto, ou vem do norte e vai se hospedar em Lisboa, dá para fazer uma parada em Fátima no meio do caminho. Só tenha cuidado     com um detalhe: não deixe a bagagem a amostra no carro. Todas as malas devem estar escondidas no carro, tem muitos assaltos não só em Portugal mas em qualquer lugar da Europa, procure esconder seus pertences. 

terça-feira, junho 24, 2014

Visitas em Família ao Castelo de São Jorge

Domingo, 27 de Julho, toda a família pode visitar o Castelo de São Jorge.

Visita de exploração do castelejo e do sítio arqueológico, de descoberta dos espaços, dos personagens e das histórias, que visa estimular e aprofundar a sensibilidade e o respeito pelo património histórico enquanto valor cultural, através do conhecimento e compreensão dos vestígios do passado.

Endereço: Castelo de São Jorge, Lisboa
Data: Domingo, 27 de Julho às 11h00 (duração 1h30)
Para: Toda a família

Horário: A partir das 11:00
Mais Informações: http://castelodesaojorge.pt
Inscrição prévia - Através de tel: +351 218 800 620

domingo, junho 22, 2014

BARBIE exposição permanente no Portugal dos Pequenitos

Exposição em Coimbra 


Barbie, a boneca mais famosa do mundo tem as devidas honras no Portugal dos Pequenitos! Uma exposição para toda a família visitar com o objetivo de promover a animação dos visitantes.

A coleção em exposição, a maior constituída em Portugal e provavelmente uma das maiores da Europa, integra mais de três centenas de bonecas. Doadas por Ana Salazar Silva e Ana Sofia Ferreira dos Santos, a exposição passa assim a fazer parte do património lúdico deste parque.

Barbie em exposição é uma oportunidade única para conhecer edições limitadas, entre elas a Barbie original de 1959. Venham deslumbrar-se com a Barbie que viaja pelo Mundo, veste modelos de estilistas de alta-costura, comemora datas especiais, deslumbra-nos com recriações de atores, cantores, etc. 

Sessões de pintura facial:
Dias: 19 - 24 de junho
Horário: 10h30m a 12h - 14h30m às 16h30m
Dias: 01, 04, 15, 26 de Julho 
Horário: 10h30m a 12h |14h30m às 16h30m
Dias: 02|, 05, 12, 23 de Agosto 
Horário: 10h30m a 12h |14h30m às 16h30m


Idade: Toda a família 
Endereço: Portugal dos Pequenitos, Rossio de Santa Clara, Coimbra
Quando:11 de Julho a 30 de Agosto
Preço: Preço incluído no bilhete de entrada, (*) exceto custo das fotografias

quinta-feira, junho 19, 2014

Exposição Pinturas 3D Magic Art na Alfândega Porto

Data: 7 de Dez até 29 de Junho 2014, Porto

Para Quem: Toda a família, inclusive crianças pequenas.
Endereço: Rua Nova Alfândega 4050, Edifício Alfândega de Porto, Porto
Quando: 07 de Dezembro a 29 de Junho
Horário: A partir das 10:00

A exposição de 3D Magic Art na Alfândega de Porto mostra pinturas em 3D, com quadros de grande dimensão onde o visitante é a parte principal do quadro. Uma atividade muito interessante de fazer em família e não esquece de levar a sua máquina fotográfica!

Trata-se de uma exposição com uma área de 2000m2 de pinturas em 3D, com quadros de grande dimensão em que o público em vez de ver e contemplar a arte é convidado a interagir com a pintura, passando a fazer parte da mesma, fotografando-se ou filmando-se dentro do quadro.

A exposição é um espaço único onde cada pintura leva o visitante onde ele nunca imaginou.

A exposição 3D Magic Art é aberta entre 7 de Dez e 29 de Junho 2014:
durante a semana entre 10.00h e 18.00h
no fim de semana entre 10h00 e 20h00.
Vejá o horário no site do 3D Magic art: www.3d-magic-art.com/

Preços:
Adultos: 7 € (a partir de 12 anos)
Crianças 5 € (até 11 anos de idade)
Bilhete Família: 20 € (válido para 2 adultos e até 3 crianças)

Contato: +351 916 711 329

Email - Dúvida: O que fazer em 12 dias em Portugal?

LEITORA

Olá Ione, tudo bem....

Achei o seu blog na internet e achei muito interessante.
Eu e o meu marido estamos planejando em passar as festas de final de ano em Portugal, também é o único período em que podemos tirar férias.
Estamos planejando em começar por Lisboa ( com passagem em Sintra e Mafra), Coimbra e Ano novo no Porto
Estamos pnsando em ficar 12 dias, mas não temos idéia de como dividir esse período pelas cidades em que queremos passar.
Será que poderia nos ajudar?
Agradeço desde já a sua atenção,


RESPOSTA

Olá -,
Porto- 2 dias
Lisboa - 3 dias 
Sintra - uma tarde, pode ir de Lisboa para Sintra, até pode almoçar em Cascais para conhecer e voltar de Sintra para Lisboa no final da tarde.
Magra também em poucas horas você conhece. 
Para dormir em Sintra ou Mafra não vale a pena! 
Como tem muitos dias pode conhecer Fátima ou Óbidos por exemplo, ou Coimbra... 
Espero ter te ajudado.
Ione

terça-feira, junho 17, 2014

O melhor do Porto em 1 dia

Manhã

- Avenida dos Aliados


- Estação de Comboio São Bento


- Sé do Porto do Séc. XII


- Igreja de São Francisco


- Palácio da Bolsa


- Torre dos Clérigos


- Livraria Lello


- Ficar na Baixa para ir as Compras: Passeio dos Clérigos (Galeria com várias lojas, café e restaurantes), Vista Alegre, A Vida Portuguesa...


Tarde

- Fundação Serralves


- Casa da Música do arquiteto Rem Koolhaas



Noite

- Atravessar o Rio e terminar o dia no Cais de Gaia. Tomar um Vinho do Porto e apreciar a perspectiva diferente sobre a cidade e do Rio Douro.




segunda-feira, junho 16, 2014

12 Dicas de Lisboa e mais

1 - Bairro Alto
Antigo bairro do centro de Lisboa, o Bairro Alto reúne casas seculares típicas de Lisboa, é atualmente um local de diversão. Após o pôr do sol, o Bairro Alto e seus numerosos bares servem como ponto de encontro para amigos que se juntam para beber alguns drinques antes de continuar a noite em alguma balada. Veja este blog para informações sobre os bares, discotecas, exposições e mais: http://www.ilovebairroalto.com/home



2 - Chiado
Situado entre o Bairro Alto e a Baixa Pombalina, o Chiado é um dos bairros mais emblemáticos e tradicionais de Lisboa, é um importante centro de comércio. Reconstruído durante a década de 90, renasceu como ponto badalado com lojas, restaurantes, bares e discotecas.


3 - Café a Brasileira
Situado no bairro do Chiado, o Café a Brasileira é um dos cafés mais famosos e antigos de Lisboa. Inaugurado em 1905, o local vendia o autêntico café trazido do Brasil e é hoje um ponto imperdível de roteiros turísticos de Lisboa. É onde Fernando Pessoa sentava para escrever, beber e conversas com os amigos.


4 - Elevador de Santa Justa
O Elevador de Santa Justa é um belo cartão-postal da cidade. Uma obra magnífica! A vista é maravilhosa, pode-se avistar o Castelo São Jorge e o Rio Tejo.


5 - Bondinho em Lisboa
Chamados de “eléctricos” pelos habitantes de Lisboa, os tradicionais bondinhos que circulam pela cidade são, mais do que um simples transporte público, verdadeiros símbolos da capital portuguesa. Usar estes bondinhos como meio de transporte pela cidade permite se locomover de maneira divertida, original e econômica. Um dos mais famosos é o Eléctrico 28.


6 - Castelo de São Jorge
Construído no século 11, o Castelo de São Jorge destaca-se na paisagem de Lisboa com suas numerosas torres e muralhas, num incrível conjunto de edificações. Os turistas que fazem a visita ao castelo deparam-se com uma imponente arquitetura, um museu arqueológico e uma das vistas panorâmicas de Lisboa mais estonteantes, devido à localização privilegiada. 


7 - Pastéis de Belém
Os Pastéis de Belém são uma das maiores delícias culinárias de Portugal. Com uma massa folhada crocante e um recheio saboroso à base de ovo, o pastel de nata encanta os paladares dos turistas em diversos endereços de Lisboa, mas nada se compara a tradicional Casa Pastéis de Belém.


8 - Mosteiro dos Jerônimos
Construção do século 16 localizada em Belém, na entrada do rio Tejo, o Mosteiro dos Jerônimos é um dos mais belos exemplos arquitetônicos da riqueza de Portugal na época dos descobrimentos. Inscrito no Patrimônio Mundial da UNESCO, o Mosteiro é um importante cartão-postal do país.


9 - Monumento aos Descobrimentos
Com 52 metros de altura frente ao Rio Tejo, o Monumento aos Descobrimentos foi realizado na década de 60 como homenagem a aqueles que participaram na época dos descobrimentos de novas terras para a coroa portuguesa, que incluiu a chegada ao Brasil. Com forma de caravela, o monumento representa diferentes heróis portugueses, num belo cartão-postal que oferece uma linda vista sobre Lisboa.


10 - Torre de Belém
Um dos monumentos mais expressivos da cidade, Patrimônio Mundial da UNESCO, a Torre de Belém é sem dúvidas um dos principais cartões-postais de Lisboa. Situada na margem direita do Rio Tejo, a Torre foi erguida entre 1514 e 1520 e funcionava como farol, hoje desativado.


11 - Clubes de Fado
Tradicional música portuguesa, o Fado é um dos maiores símbolos da cultura do país. Mas os chamados “Clubes de Fado” costumam ser “armadilhas” para turistas, com espetáculos de má qualidade e preços que podem ser excessivos. Uma conhecida: http://www.srvinho.com


12 - Corte Inglés
Tradicional loja de departamentos espanhola, El Corte Inglés também está presente em Lisboa, num dos melhores lugares da cidade para quem gosta de fazer compras. Situada na Avenida Augusto de Aguiar, a El Corte Inglés tem numerosas marcas de roupas e acessórios, além de eletrônicos, perfumaria, decoração, esporte e cultura. Desde sua inauguração, em 2001, a loja se transformou num dos pontos mais destacados para fazer compras na capital portuguesa.


MAIS DICAS:

Restaurantes turísticos
Tente não ir em restaurantes com menus para turistas, onde a comida costuma ser mais cara e com uma qualidade inferior. Prefira restaurantes locais que não se especializam em receber turistas para uma refeição mais autêntica, saborosa e até econômica.

Táxis
Como em muitos lugares do mundo, tem taxistas desonestos e os turistas são suas vítimas prediletas. Para sair do aeroporto, pegue apenas táxis com taxímetro e informe-se sobre o preço até seu hotel ates de entrar.

Carros alugados
Se o objetivo da viagem a Portugal for visitar Lisboa e seus arredores, como Cascais, Estoril e Sintra, há quem diga que alugar carro é uma má ideia. Na minha opinião dirigir em Lisboa é fácil, a ruas são bem sinalizadas, mas muitas vezes estacionar na capital é um pouco mais complicado para quem não conhece. O transporte público permite se locomover facilmente.

Batedores de carteiras
Quando os turistas estão distraídos, os batedores de carteiras estão muito atentos, especialmente no transporte público e nos lugares de maior movimento. Guarde bem seus pertences em bolsos internos e evite sair com grandes quantidades de dinheiro ou documentos importantes originais.

Vendedores de rua
Estranhos que se aproximam tentando vender celulares, correntes ou outros objetos podem estar repassando produtos roubados ou tentando aplicar um golpe. Corte a conversa desde o começo e evite confusões.

Traficantes de drogas
Os traficantes de drogas que oferecem seus produtos são relativamente comuns nas capitais europeias, em Lisboa não é diferente. Para evitar situações desagradáveis, não dê papo para desconhecidos suspeitos.

Lisboa de junho a setembro
Para quem tem datas flexíveis, é melhor visitar Lisboa durante os meses de junho e setembro. Os meses de julho e agosto são meses com um calor abafado, a cidade fica lotada de turistas e seus preços de hotel aumentam pela forte demanda. São os meses que a cidade é ainda mais iluminada, não chove e pode aproveitar muito comendo ao ar livre em vários restaurantes da cidade.

sexta-feira, junho 13, 2014

São João no Porto

O São João é a festa mais emblemática da cidade do Porto, dia 23 de Junho tem muita festa e muitas opções de lugares para comemorar a noite mais longa do ano.

http://sotaquesbrasilportugal.blogspot.pt/2012/06/s-joao-do-porto.html

Trata-se de uma festa cheia de tradições, das quais se destacam os alhos-porros (alho poró, português brasileiro) e os martelos de plástico usados para bater nas cabeças das pessoas que passam, além do lançamento de balões de ar quente. 

Foto: http://cdn.blog.benetton.com/portugal/files/2012/06/são-joao-porto.jpeg

Existem, ainda, os tradicionais saltos sobre as fogueiras espalhadas pela cidade, normalmente nos bairros mais tradicionais; os vasos de manjericos (da família do manjericão) com versos populares e o tradicional fogo de artifício à meia-noite, junto ao Rio Douro e à ponte Dom Luís I que faz as delícias dos milhares de residentes e visitantes que chegam de todo o mundo para assistir. 

Foto: http://ceportugues.files.wordpress.com/2010/04/manjerico.jpg

O fogo de artifício chega a durar mais de 15 minutos, e decorre no meio do rio em barcos especialmente preparados.

Foto: http://www.tour-portogallo.it/blog.aspx

E não esqueça que a sardinha é o prato tradicional da festa!

Foto: http://portofreetour.files.wordpress.com/2013/06/12-sonja.jpg

Confira algumas dicas de lugares para curtir a festa de São João:

DANÇAR

Aliados: A noite de segunda-feira 23 vai ser animada pelo famoso DJ Bob Sinclair. 

JANTAR

Hotel Intercontinental: Fica junto aos Aliados. Da janela terá vista privilegiada do movimento da avenida. Marcações: +351 220035600. Preço: 30€. 

Hotel D. Henrique: Tem uma das vistas mais incríveis da cidade do Porto, uma vista panorâmica e poderá ver os fogos de artificio. Marcações: +351 223401617. Preço: 34€ ou pode optar por um drink e curtir a música do bar do 17 andar com o DJ Ramalheira.

The Yeatman: Tem uma programação especial para o São João - Três noites de alojamento em quarto Superior ou Suite com varanda e vistas panorâmicas. E no restaurante não vão faltar petiscos maravilhosos e muito vinho! Preço: 55€. E-mail: reservations@theyeatman.com. Contato: +351 220 133 185/00 mencionando "Programa de São João no The Yeatman". 

Confira a programação completa da Câmara Municipal da cidade: http://www.portolazer.pt/fotos/gca/1401189914encarte.pdf

quinta-feira, junho 12, 2014

Restaurante L´Kodac em Leça da Palmeira, pertinho do Porto - Perfeito para os dias de sol

O L´Kodac fica na Praia do Aterro em Leça da Palmeira, foi renovado em 2011, é um espaço arrojado e de tons suaves, com bom serviço, acompanhado pela música escolhida pelo Dj residente. 
No verão é uma dos terraços (esplanadas) mais cobiçados, tem sofás, puffs e mesas para quem quer almoçar ou para quem quer simplesmente ficar se bronzeando no sol.
Peça uma sangria ou uma caipirinha e para comer tem várias opções entre carne, peixe e massa, o sushi é ótimo, mas também tem sanduíches, saladas e outros lanches.
Para quem não está preocupado com o tempo, para quem quer descansar e ficar olhando para o mar, este é o lugar ideal! 
No fim de semana está sempre cheio, não esqueça de fazer uma reserva.





Fotos: http://www.lkodac.com

Preço médio: 20€
Endereço: Av, Coronel Hélder Ribeiro (Leça da Palmeira)
Contato: +351 914992621
Horário: Seg-Ter 11:00 às 20:00 / Qua-Qui 11:00 às 24:00 / Sex-Sáb 11:00 às 02:00 / Dom 11:00 às 22:00
Website: http://www.lkodac.com

quarta-feira, junho 11, 2014

É a temporada das cerejas no Porto

Os dias no Porto estão cheios de vida, de cor e surpresas boas, muitos turistas passeando pela cidade. Ah, como é bom o verão na cidade do Porto!

No final do mês de maio e com a chegada do bom tempo, chegam as cerejas e as ruas da cidade ficam ainda mais bonitas com cestos recheados de cerejas gordas, carnudas e vermelhas, a cada esquina que se vira estão elas. O melhor: Desintoxicam, quase não engordam, são depurativas e diuréticas.

Temporada - Estão disponíveis desde o final de maio até julho.

Como escolher as melhores - As mais carnudas e maiores são sempre as que têm melhor qualidade. Devem estar limpas, com a pele firme, brilhante, inteira e sem golpes nem manchas. Os talos devem ser verdes e frescos, bem presos ao fruto, sem marcas nem bolor no ponto de união entre os dois. 

Como conservar - Guarde-as na geladeira (frigorífico) sem lavar nem tapar. Desta forma conservam-se sem problemas até duas semanas.

Muitos restaurantes tem no menu de sobremesas como fruta da estação, não deixe de comer essa maravilha!


terça-feira, junho 10, 2014

Arrumando as malas para o Verão Europeu

Viajo muito e já não viajo sem alguns itens que julgo essenciais. Detesto mala muito pesada, fico nervosa antes mesmo da viagem pensando nas várias roupas que nem deveria estar levando, por isso aprendi a fazer uma mala mais leve.

Brasileiro adora levar tudo e mais alguma coisa, sempre vejo o problema com brasileiros nos embarques de vôos internos com a tolerância do peso que é muito menor do que vôos internacionais.

E viagens de trem é um verdadeiro pesadelo com malas grandes e pesadas, quase não existem carregadores nas estações e isso significa que você deve embarcar e desembarcar sua bagagem sem ajuda e, ainda, encontrar um lugar para armazená-la no trem. E, claro, quanto maior, mais complicado.


Por essas e por outras, aproveite que o verão é uma estação de roupas leves e nada volumosas e carregue o mínimo possível.

Alguns destinos como Ibiza, St.Tropez e Mykonos exigem looks com estilo para curtir a praia e depois almoçar em um beach club com a mesma roupa, normalmente viram baladinhas e só à noite voltamos para o hotel para tomar banho, para sair de novo. O ideal é usar túnicas, vestidinhos, batas, saídas e shorts que sejam de praia mas ao mesmo tempo, arrumados para a programação do almoço. É com esse tipo de roupa que você passará a maior parte do tempo.

Para facilitar procuro levar peças com a mesma paleta de cores, assim as roupas combinam entre si e pode repetir e variar a mesma peça com outras. 

A parte mais chata mas que vai fazer você economizar muito tempo na viagem: faça uma lista dos dias e dos looks necessários, experimente as roupas para montar os looks. Pensa nas atividades que você vai fazer: exercício físico, baladas, jantares formais... É a melhor forma de arrumar a mala e não levar roupas a mais. Faço sempre isso!

1 - Pashmina: Sempre salva a noite se fizer um ventinho mais frio, pode ser usada sozinha ou combinada com um casaco. Sempre levo uma bege que combina com tudo ou uma preta por exemplo.

Em Abu Dhabi com uma pashmina preta


2 - Lenços: Escolha alguns lenços mais finos que podem ser usados durante o dia ou a noite se for preciso.


3 - Blazer: Sempre tenho pelo menos um na mala que combine com tudo, preto é sempre uma boa opção.

Com blazer azul marinho em Abu Dhabi

4 - Cardigan/Tricô - Levo sempre um conjuntinho de Cardigan ou um tricô de malha, mais levinho. Detesto passar frio, essa pode ser uma peça que nem precise usar mas vale a pena levar.

5 - Casaco leve - Sempre levo um casaco mais leve, um trench coat de verão, um casaco jeans... além do blazer.



6 - Calça - Escolha uma calça para levar e basta, vai usar muito pouco na viagem. No avião é sempre mais confortável usar calça, já pode viajar com ela.

7 - Sapatos - Sempre levo um sapato de salto (estiletos), desses que combinam com tudo, ou preto ou bege. Uso para ir em restaurantes mais arrumados e baladas. Mesmo em Ibiza que é super badalado uso mais plataformas ou rasteirinhas para as discotecas, vou sempre arrumada, mas nos pés conforto é tudo! Minha mala de sapatos: um par de estiletos, um par de sandálias plataforma, uma rasteirinha, uma sapatilha (sabrinas em Portugal) e um tênis que vou usando no avião. 
Já fiz várias viagens e não levei tênis, e faz uma falta enorme! Principalmente em destinos que é preciso andar muito, não é o caso de Ibiza. Tem dias que estamos realmente cansados de tanto caminhar e não tem nada mais confortável do que um par de tênis. Não uso tênis de academia, uso aqueles mais arrumadinhos.

8 - Bolsas - Leve uma maior para o dia, aproveito e levo uma que posso usar na praia também, assim não preciso de duas, já economizo espaço! Sempre levo cores que combinem com a maioria das peças, preto é uma boa escolha! E uma clutch para noite, se for para destinos de muita festa tipo Ibiza leve com alça de ombro, muito mais confortável!

9 - Short Jeans - Uma peça coringa! Pode usar na praia, dia ou noite dependendo dos acessórios.

10 - Adaptador de Tomadas - Tenho um adaptador universal e é um item que nunca falta na minha mala! Muito mais prático do que pedir nos hotéis, alguns hotéis não tem e é muito chato ter que ir comprar um.

11 - Remédios - O único que levo é mesmo de alergia, tenho muitas alergias então sempre tenho comigo. Tem farmácias perto dos hotéis e nunca tive problemas em comprar remédios para dor de cabeça ou outro qualquer. Mas não custa nada levar alguns medicamentos, não ocupam espaço.

12 - Produtos de higiene pessoal - Compro os frasquinhos para colocar shampoo, condicionado, etc e não ocupar muito espaço. Separe vários saquinhos, um para maquiagem, um com os líquidos, outro de bijuterias, assim não fica ocupa tanto espaço.

Ah, não se esqueça dos óculos escuros e do chapéu!

Dobrar as roupas faz toda a diferença, quanto menos dobrar, melhor! Cada um tem uma técnica de arrumação, aprendi com minha avó a colocar minhas roupas esticadas na mala, uma por cima da outra esticada, assim fica com espaço livre e as peças chegam menos amassada. Vá encaixando os sacos com bijuterias, roupas íntimas e outros acessórios nos espaços vazios que ficam entre as roupas.

segunda-feira, junho 09, 2014

O que fazer em 1 dia em Lisboa?

1 - Vá para Belém e coma os famosos pastéis de Belém, depois a pé conheça o imponente Mosteiro dos Jerónimos que é do lado. A Igreja por dentro é lindíssima, depois vá a pé pelos jardins, tem umas escadas para descer e atravessar para o outro lado da rua, em frente ao Rio Tejo tem o Padrão dos Descobrimentos. E muito perto do Padrão dos Descobrimentos tem a Torre de Belém, pode ir andando, vale a pena entrar e conhecer. Para quem não gosta de andar a pé tem a opção de ir em ônibus (autocarro) de turismo, tem pontos de parada em frente ao mosteiro e na torre.



2 - Conheça o Castelo de São Jorge, tem uma vista panorâmica incrível da cidade de Lisboa. Pode descer ou subir de elétrico. Recomendo descer a pé e ir descobrindo as lindas ruas por perto, tem a Sé de Lisboa e pode seguir até a Praça do Comércio.


Quando fui estava nublado, mesmo assim a vista é
linda!


3 - Almoce no Solar dos Presuntos. Um dos mais tradicionais de Lisboa, adoro!



3- Conheça o Chiado - Um dos bairro mais emblemáticos e tradicionais de Lisboa, é o bairro da Belle Époque do século XIX, quando escritores e artistas se reuniam nos cafés. Muitos edifícios foram reconstruídos com projeto feito pelo renomado arquiteto português Siza Vieira, depois de um incêndio que destruiu parte daquele local em 1988.

E sua atrações...

Rua Garrett - A Rua Garrett é o centro do Chiado, pólo intelectual de Lisboa do século XX. Ligada pelo Largo do Chiado e pela Rua do Carmo é em seu redor que se situa a ópera (Teatro Nacional de São Carlos), bem como o Teatro São Luiz e o Teatro da Trindade; as mais famosas livrarias da cidade, como a primeira Livraria Bertrand, fundada em 1732 e o centenário Café A Brasileira, onde já se reuniram grandes vultos da cultura portuguesa do século XX.

Café A Brasileira - É nesse antigo café que o escritor mundialmente famoso, Fernando Pessoa, parava para tomar uns golinhos de café e para escrever os seus poemas inesquecíveis.

Gelateria Santini - Faça uma pausa para um lanchinho, os sorvetes da Santini são ótimos! Os de frutas são os melhores, experimente morango + laranja, são os meus sabores favoritos! Fica na Rua do Carmo, pertinho da H&M.

Largo do Carmo - Neste largo, resistem as ruínas do Convento do Carmo, construído no século XIV, em frente ao convento, encontra-se o Chafariz do Carmo (1771), abastecido pelo Aqueduto das Águas Livres.

4 - Vá jantar no Restaurante A Travessa, um dos mais conceituados restaurantes de Lisboa. Para começar, uma sucessão impressionante de entradas que parece nunca mais terminar. Uma verdadeira experiência gastronômica! Fica num antigo convento, é lindo, o ambiente é requintado mas muito acolhedor. 
Para quem vai de carro ou taxi pode estacionar lá perto e um carro do restaurante pode ir buscar para subir a rua estreita.

A Combi do restaurante


Pásteis de Belém
Website: http://www.pasteisdebelem.pt

Santini Chiado - Rua do Carmo, 91200 Lisboa
Contato: +351 213 468 431

Restaurante A Travessa 
Website: http://www.atravessa.com/indexpt.html
Endereço: Travessa do Convento das Bernardas 12 - Lapa
Contato: +351 213 902 034
Preço médio: 50€