Vale a pena comprar casa em Portugal?

Com a crise imobiliária que atingiu Portugal e os preços dos aluguéis nas alturas, comprar uma casa é uma opção atrativa e totalmente possível. Além da residência própria, adquirir um imóvel ainda oferece várias vantagens. Antes, se familiarize com esse termo: As casas em Portugal são classificadas de acordo com o número de quartos. Um T1, por exemplo, é um apartamento de um quarto, já um T2 possui dois dormitórios, e por aí vai. Um T1+1 é um apartamento de um quarto mais um cômodo, geralmente sem janela. Dito isso, vamos à parte prática.

Onde comprar casa em Portugal?

A escolha de onde comprar casa em Portugal é muito pessoal e varia de acordo com cada caso. Se for para morar, por exemplo, vale avaliar se o local é movimentado e você quer tranquilidade ou se há supermercados e farmácias perto. Quem quer comprar casa para investimento em Portugal precisa priorizar a localização, se está perto de universidades ou do centro da cidade.

Quanto custa comprar casa em Portugal?

Os preços das casas em Portugal já foram mais baixos, entretanto, alguns investimentos podem sair bem mais barato do que no Brasil, mesmo com a conversão do euro. Veja o preço do metro quadrado e quanto custa comprar casa em Portugal de acordo com a região:

Norte: 978 a 1054 euros;
Centro: 906 a 963 euros;
Área metropolitana de Lisboa: 1353 a 1420 euros;
Alentejo: 949 a 973 euros;
Algarve: 1394 a 1466 euros.

O financiamento de casa em Portugal não contempla o valor total do imóvel, por isso, é preciso ter uma reserva disponível para pagar a entrada do imóvel, os impostos e o registro.

Documentos necessários

Não é preciso ter autorização de residência para comprar casa em Portugal. Os documentos exigidos na hora da compra são:

Passaporte
Número de identificação fiscal
Comprovante de residência (autenticado pelo consulado de Portugal no Brasil);

Quem busca financiamento de casa em Portugal precisa apresentar, também, imposto de renda atualizado, cópia dos 6 últimos contracheques e extrato bancário de 6 meses, todos autenticados pelo consulado de Portugal no Brasil. É importante ver com o banco que irá conceder o financiamento se é preciso mais algum documento.

Além disso, é preciso providenciar também outros documentos importantes para comprar casa em Portugal. São eles:

Certidão do Registro Predial ou Certidão de Teor do imóvel;
Caderneta Predial para informar a situação fiscal do imóvel;
Licença de Utilização, solicitada na prefeitura ou na junta de freguesia da cidade onde o imóvel está localizado;
Ficha Técnica de Habitação, que descreve as características do imóvel e também é emitida pela junta de freguesia.

Todos esses trâmites podem ser feitos ainda do Brasil, por procuração.

Vantagens de comprar casa em Portugal

Comprar casa em Portugal é uma proposta bem interessante para quem busca negócios para investir no exterior. Além da atrativa valorização, tem a possibilidade de morar legalmente no país. Ser dono de uma residência lusitana dá ao comprador estrangeiro o Golden Visa e permite que ele e a família morem sem problemas no país. Após cinco anos com o Golden Visa, o comprador pode solicitar a cidadania portuguesa. Outra vantagem é poder circular livremente pelos 26 países do Espaço Schengen sem precisar de visto.

Deixe uma resposta

Fechar Menu