Quem pensa em mudar para Portugal logo vem à cabeça morar em Lisboa. Não é para menos! Quando comparada às outras capitais europeias, a cidade se torna uma das queridinhas do continente, respira cultura, modernidade e história, tem clima agradável, muitas opções turísticas, excelente infra-estrutura e muito mais. Mas, apesar de ser uma das capitais mais baratas para morar na Europa, o custo de vida em Lisboa está entre os mais altos de Portugal. E não é difícil descobrir porquê.

O principal fator que pesa na hora de escolher morar em Lisboa é justamente o preço de onde morar lá. A alta procura de turistas e o fenômeno AirBnb, que tem afetado o mercado imobiliário no setor de aluguéis das grandes cidades de todo o mundo, fizeram com que a oferta para aluguel por longo prazo ficasse menor e, aí, os preços dispararam. Por isso, quem tá pensando em morar na capital portuguesa pode se preparar para pagar o aluguel mais caro do país. Só para você ter uma ideia, o valor médio do metro quadrado para aluguel em Lisboa  era de quase 10 euros em 2018, (tem cidades em Portugal que esse número é de pouco mais de 3 euros!). Já nos bairros mais valorizadas, esse valor pode chegar a quase 12 euros. Assim, o aluguel fica por cerca de 855€ no centro para um apartamento de dois quartos, mas nos arredores pode chegar a 580€.

Apesar disso, Lisboa tem as melhores oportunidades de emprego e os melhores salários do país. Por isso, não se assuste com o preço do aluguel, pois, dependendo do seu nicho no mercado de trabalho, você encontrará lá vagas de emprego que dificilmente estarão em outros locais.

Mais sobre o custo de vida em Lisboa

Tirando o aluguel, os preços das outras despesas são tabelados e seguem uma média nacional. Os gastos mais comuns envolvem:

Água, gás e eletricidade: cerca de 90€ por mês.

Internet, TV e telefone: esses valores variam de acordo com o plano e a operadora, mas é possível encontrar combos de internet, TV a cabo e telefone fixo com preço inicial de cerca de 30€ e planos de celular a partir de 11€.

Transporte: A rede de transporte em Lisboa é muito completa e eficiente, com metrô, autocarro (ônibus), comboio e elétricos. O passe mensal mais barato custa 36,20€.

Alimentação: a alimentação em Lisboa também é muito variável, de acordo com os hábitos de cada pessoa. Uma refeição completa, geralmente sopa, prato principal e café, em um restaurante comum, costuma sair por cerca de 8€. Os gastos com compras nos principais supermercados, especialmente se optar por marcas brancas (as marcas dos próprios supermercados) ficam entre 150€ a 250€ por mês.

O que irá definir as vantagens e desvantagens do custo de vida em Lisboa é o seu estilo de vida. Por exemplo, se você gosta de viver em um local movimentado e com boas opções de lazer, sem dúvida irá amar morar lá. Se você escolher os bairros mais badalados, como Chiado ou a Baixa, prepare-se para topar com muitos turistas até numa simples ida ao mercado. Já quem prefere um lugar mais tranquilo é melhor repensar. Tranquilidade não é uma palavra muito em alta na capital lisboeta.

Deixe uma resposta

Fechar Menu