O que fazer no Parque Natural do Tejo Internacional 

O Parque Natural do Tejo Internacional é um local de rica vegetação e que permite estar em contato com o habitat natural de muitas espécies de animais que por lá habitam, desde aves até veados. Afirma-se inclusive que algumas dessas espécies são raras de se encontrar em outros locais na Europa. Destaque para a cegonha negra e o veado vermelho. 

É possível visitar este espaço natural, prova disso são os passeios e visitas guiadas disponíveis por lá, contando com especialistas que irão lhe mostrar tudo sobre o local e contar muitas histórias e curiosidades. Saiba mais sobre este parque natural! 

Conheça um pouco do Parque Natural do Tejo

Possui o título de um dos parques mais importantes na Europa, devido a preservação de espécies de plantas e animais. E não só da natureza o parque conta sua história, há por lá vestígios de povos da antiguidade,  o neolítico e as sepulturas romanas possuem lugar entre as rústicas aldeias da região que contam com poucos moradores. 

Para entender um pouco de sua dimensão, o Parque Natural do Tejo abrange parte das cidades de Castelo Branco e Idanha-a-Nova. Sua zona possui montanhas e também planícies, pois perpassa zonas do centro de Portugal e chega até o Alentejo. 

Junto ao rio Tejo e seus afluentes Ponsul, Erges e Aravil, a paisagem é idílica, apresentando uma fusão entre cores perfeita. Para os apaixonados por natureza é, sem dúvida, um prato cheio para visitar e aprender um pouco sobre as espécies que por lá habitam. 

Dica de passeio Parque Natural do Tejo

Comece por visitar a Rota dos Veados. Poderá fazer por conta própria ou contratar o serviço de guias (o que é mais indicado, devido ao percurso extenso) são mais ou menos 53km que pode ser feito a pé e exige um pouco de preparo físico e disposição. É aconselhado ainda não andar sob altas temperaturas, portanto evite o verão para dar esse passeio. 

Há também o observatório de aves do Alares. Um caminho agradável em que o essencial é ter um binóculo e sempre muita atenção, seus olhos deve estar no céu por lá. 

Desbrave e faça atividades como canoagem e montanhismo por lá. E se ainda tiver um tempinho, faça uma caminhada pela Rota do Lince, quem sabe tenha a sorte de avistar um Lince Ibérico na bela Serra da Malcata.

Os interessantes caminhos e as belas paisagens do Parque Natural do Tejo Internacional apresentam uma natureza quase intocada pela mão humana. Portanto, relaxe e aproveite seu contato verdadeiro com o natural. Será uma experiência energizante. Não esqueça de levar água e suprimentos e ter cuidado com o seu lixo. A natureza agradece.

Deixe uma resposta

Fechar Menu