Reserva Natural da Serra da Malcata, Portugal

Portugal é cheio de surpresas e a maioria delas está ligada a sua rica natureza. Esse é o caso da Reserva Natural da Serra da Malcata, Portugal.  Situada na região central de Portugal, ocupa uma área de mais ou menos 16 mil hectares. 

Fica em entre os municípios de Penamacor e Sabugal, mas sua sede quanto reserva natural está localizada na primeira, tendo apenas uma sucursal na segunda. Sua criação se deve a necessidade de elaborar um espaço para proteger o lince ibérico, uma espécie em vias de extinção que necessita maior atenção. 

O abrigo natural do lince acabou conquistando alguns adeptos e curiosos e por isso o animal, além de possui um abrigo natural é também símbolo da Reserva Natural da Serra da Malcata. Conheça um pouco mais a respeito sobre esse lugar incrível e como pode visitá-lo. 

Como surgiu a Reserva Natural da Serra da Malcata em Portugal?

Pouco se vê ou se houve falar na presença humana na Reserva Natural da Serra da Malcata. Com isso as mais variadas espécies de animais, inclusive alguns em vias de extinção, e a flora do local vivem em perfeita harmonia. São muitas as espécies de árvores e outras plantas que compõem a Serra da Malcata, sob a supervisão cuidadosa de uma equipe que tem como objetivo a preservação da fauna e da flora local. 

Segundo a National Geographic, hoje na Reserva Natural da Serra da Malcata, que se localiza em Portugal, mas que encontra a fronteira com a Espanha, existem apenas 100 exemplares do linces ibéricos, motivo de preocupação e atenção dos que por lá trabalham para manter tudo sob controle. 

A educação ambiental é um dos principais trabalhos com os visitantes do local, além do apoio e incentivo a pesquisas e estudos científicos que são realizados pelo Centro de Educação Ambiental da Graça. Um espácio próprio que conta com infraestrutura necessária para realizar atividades de conscientização, ensino e pesquisa que estejam ligadas à conservação do meio ambiente e também a conservação de espécies, tais como a do lince Ibérico.

Quando visitar à Serra da Malcata, Portugal?

O gosto pelo contato com a natureza é fundamental para que o visitante se desloque até a Serra de Malcata. No verão, por exemplo, é a época mais seca do ano por lá e pode ser bastante desconfortável devido ao calor. No entanto, há praias fluviais que são protegidas, e por isso bastante monitoradas, que podem ser um alívio e refrescância para os que gostam de um bom banho. 

Já na primavera e outono pode-se percorrer a reserva e apreciar suas belas paisagens. São quilômetros e mais quilômetros de belezas naturais. Não esqueça de levar equipamento, comida e água. Afinal você não terá muito isso por perto enquanto estiver por lá. Já para quem gosta de atividades no frio, a boa pedida é subir ao topo da Serra da Malcata, Portugal e observar o contraste entre o branco da neve e o verde da natureza. 

Independente da época do ano em que você planeje fazer uma visita à Serra da Malcata, Portugal, tenha em mente que por lá vivem muitos animais e por isso excesso de barulho não é bem vindo. Além disso, tenha sempre atenção com a preservação da flora do local. Trate da natureza com cuidado, pois sua visita será recompensada tamanha a beleza do local.

Deixe uma resposta

Fechar Menu