A cidade de Turku, Finlândia, não é um dos destinos de turismo mais conhecidos no país. Entretanto, trata-se de uma das mais belas paisagens finlandesas. Turku está localizada no sul da Finlândia. É muito provável que seja a primeira cidade finlandesa a ter nascido. Inclusive já chegou a ser a capital do país, até o início do século XIX. Nessa época a região que envolver a Finlândia foi dominada pelo império Russo. A partir daí Helsinki foi nomeada oficialmente capital da Finlândia. Estima-se que Turku nasce no século XIII, isso quer dizer que suas ruas e construções possuem muita história para contar. Turku, Finlândia, trata-se de um paraíso escondido que vamos revelar hoje neste artigo. 

Curiosidade sobre Turku, Finlândia

Turku, Finlândia, está localizada a cerca de 30 minutos de carro da capital Helsinki. Possui uma população de cerca de 200 mil habitantes, no qual a maioria fala sueco. Ainda assim, pode-se dizer que a cidade é constituídas por cidadãos bilíngues, o que significa que grande parte das pessoas fala inglês, o que facilita muito a vida de um visitante.

O castelo de Turku é sem dúvida a maior atração da cidade. Juntamente com a catedral, esses dois prédios são considerados os mais antigos da Escandinávia. Datado de 1280, o castelo é uma fortificação construída pelos conquistadores suecos. Por lá passaram muitas monarquias e combates, preenchendo o lugar das histórias que ouvimos hoje. 

O Museu Histórico de Turku está localizado nas instalações de castelo. Foi fundado em 1881 com o objetivo de contar a história da cidade desde seu nascimento. Durante o período de guerras, o castelo sofreu alguns ataques, estima-se que entre 1941 e 1944. Após esse fatídico momento histórico a construção começou a ser restaurada e hoje é aberta a visitações.  

O que visitar em Turku, Finlândia 

Logo após o castelo de Turku, Finlândia, na lista dos mais visitados está a catedral de Turku. Trata-se da igreja matriz da cidade. É uma Igreja Luterana da Finlândia considerada o maior santuário do país. Está localizado na região do centro histórico da cidade.  A catedral de Turku, Finlândia, data do século XIII, porém sofreu alterações nos séculos XIV e XV de corrente a necessidade de ampliação do prédio. Quem vê a catedral hoje, nem imagina que em 1827 foi palco de um grande acidente, em que grande parte da construção foi queimada em um incêndio.

A biblioteca da cidade é também uma parada obrigatória, não só para quem aprecia livros, mas também arquitetura. Lá é possível observar, por dentro e por fora, o contraste entre a arquitetura moderna e a tradicional. A biblioteca sofreu algumas obras de ampliação do prédio e hoje encanta a leitores e admiradores.

Uma maneira bem típica de se locomover em Turku, Finlândia, são as bicicletas. Como a cidade não é propriamente gigante, um aluguel de bike pode ser uma excelente saída para passeios mais longos. É possível encontrar locais que alugam por hoje ou por dia. A melhor época do ano para visitar a cidade é no verão, quando ocorrem os festivais de música e arte. 

Apesar de não ser propriamente um destino turístico, Turku, Finlândia, conquista os visitantes com suas construções, o ar moderno e ao mesmo tempo tradicional e seu povo muito educado e cordial. Vale a pena a experiência de sair do roteiro tradicional que opta pelas capitais e investir em cidades charmosas e um tanto mais secretas.

Deixe uma resposta

Fechar Menu